Publicidade

Criatividade e dinamismo no ambiente de trabalho

Grow+ aposta em espaço multifuncional e despojado para a rotina de trabalho e reuniões

07 de Dezembro, 2016 às 14:15

Fotos: Fábio Alt/Divulgação


O avanço da tecnologia e o surgimento de negócios disruptivos vem fazendo com que líderes de empresas pensem em ambientes de trabalho mais modernos e funcionais. Foi o que aconteceu com a Grow+, a primeira venture builder do Brasil, localizada em Porto Alegre (RS). Graças à internet, às redes wi-fi de alta performance, ao armazenamento em nuvem e aos laptops e tablets, diretores de empresas estão descobrindo que não precisam estar presos a uma única mesa. Eles podem se movimentar em torno do espaço, com a tecnologia caminhando sempre junto. As reuniões já não são feitas em grandes mesas em uma sala fechada. Atualmente, é comum fazer reuniões em sofás e pufes de maneira mais informal e pessoal.


Pensando nisso, o escritório Daniela Giffoni Arquitetura + Design desenvolveu um projeto moderno, com inspirações nos grafites de rua e com um importante objetivo: estimular ainda mais a criatividade da equipe de trabalho do escritório. A partir disso, a Grow+ ganhou um espaço multifuncional, já que a empresa recebe com frequência clientes e investidores e também organiza pequenos eventos em sua sede.


ROTINA DESCOMPLICADA

Os sócios Cristiano Englert e Paulo Beck queriam que o ambiente de trabalho fosse criativo e confortável, fugindo dos padrões corporativos convencionais. “Como trabalhamos muito com startups, que vivem criando inovações, nosso local de trabalho precisava conversar com essas ideias e, principalmente, estimular a criatividade. Nos inspiramos muito nos escritórios de startups do vale do silício. Os móveis, por exemplo, foram todos pensados para que possam mudar de lugar. Conforme o ambiente que queremos ou a necessidade do dia, podemos trocar tudo de lugar”, explica Beck.


O escritório, que ocupa dois andares de um prédio comercial, possui uma grande parede com pé-direito duplo que serve de quadro-negro para anotações de ideias. O ambiente também conta com espaços para descanso e leitura, cozinha e janelas amplas que permitem uma boa iluminação natural. As estações de trabalho podem ser facilmente mudadas de lugar e a parede, que possui uma arte de rua feita pelo artista Marcelo Pax (Celopax), esconde uma porta, com acesso ao terraço do prédio.


Para Englert, essa mudança já acontece há algum tempo no exterior, mas no Brasil, é recente a importância que os empreendedores dão para o ambiente de trabalho. “Estamos na era da colaboração e do compartilhamento. Essa tendência de derrubar portas, paredes ou divisórias tem muito a ver com o que fazemos e, por isso, aqui na Grow+ não existe sala do chefe, por exemplo. Todos dividem o mesmo ambiente independente da hierarquia”, revela.


Confira o projeto completo:

Publicidade

MAIS NOTÍCIAS

Publicidade

Publicidade