Publicidade

Composição criativa é destaque em cervejaria na capital gaúcha

Perro Libre ganhou projeto despojado, assinado pelas profissionais do Tellini Vontobel Arquitetura

07 de Fevereiro, 2018 às 11:10

Um ambiente descolado, agradável e convidativo. A Perro Libre, localizada em Porto Alegre (RS), é uma cervejaria criativa, que preza pelo convívio e bem-estar de quem chega – e tudo isso se dá a partir do minucioso projeto assinado pelas arquitetas Evelise e Natasha Tellini Vontobel. Com 85 metros quadrados, o espaço é focado em cervejas artesanais e funciona através de um sistema inovador: são 10 torneiras que podem ser acessadas por um sistema integrado a iPads e leitor de cartão. Ou seja, o cliente chega ao local, faz check-in e carrega seu cartão, liberando as torneiras de chopp para consumo. De acordo com as arquitetas, o principal desafio neste projeto foi a criação de um espaço para abrigar os barris da bebida. "Então, tivemos a ideia de deixá-los à mostra, dentro de um grande freezer de inox, com portas de vidro e iluminação interna", explica Natasha.
 
O acabamento em aço inox com compensado de pinus é um dos protagonistas do ambiente, combinado a estruturas metálicas pretas, que resultam em um visual industrial e despojado, remetendo aos lofts nova-iorquinos. O mobiliário da cervejaria é exclusivo, todo desenhado pelas profissionais, com exceção das banquetas internas, escolhidas para compor junto às bancadas altas. Outro detalhe que chama a atenção no espaço é a altura do pé-direito. Para harmonizar e criar uma sensação mais aconchegante, Natasha conta que optaram pela criação de um sistema de vigas metálicas, que ajudam a sustentar as luminárias e os spots sobre as bancadas.
 

As vigas metálicas sustentam as luminárias de estilo industrial e os spots pretos com direcionamento para as bancadas
 
Revestindo as paredes, azulejos de piscina brancos, com formato quadrado, revelam um toque simplista e, ao mesmo tempo, moderno para a composição. Esse material aparece como um fator importante na integração entre a área das torneiras com a cozinha. O clima de bar é ressaltado com o uso dos tradicionais quadros de plástico com letras brancas removíveis, utilizados como uma tabela para os pratos servidos no local. “O pessoal da Perro também nos solicitou um espaço para a venda de produtos, como camisetas e copos. Então, criamos quadros de pinus com vidro, que funcionam como vitrine para as camisetas, e prateleiras na parte inferior do caixa, exibindo os demais artigos comercializados”, explica Natasha.
 

Azulejos brancos em formato 20 cm x 20 cm revestem as paredes e garantem a integração entre as diferentes áreas
 
A área externa é um dos ambientes preferidos por quem chega para curtir o entardecer da capital gaúcha. Para este ambiente, as arquitetas desenharam mobiliário que foi produzido em pinus, como se fossem cubos empilhados, além de criarem banquetas soltas que podem ser compostas de acordo com a necessidade dos frequentadores. Em uma das laterais, uma estrutura metálica preta segue o estilo do mobiliário e funciona como base para as plantas escolhidas para abrilhantar o local. Um charme!
 
 

Confira mais fotos:

 

Publicidade

MAIS NOTÍCIAS

Publicidade

Publicidade