ÚLTIMAS EDIÇÕES

Topo
Revista Living - Posts

Revista Living - CRIAR ♦ MORAR ♦ VIVER

  /  DECORAÇÃO   /  DE SÓTÃO INUTILIZADO A LOFT DESCOLADO

DE SÓTÃO INUTILIZADO A LOFT DESCOLADO

Com estilo industrial predominando na composição, o ambiente ganhou novo uso e surpreende com a beleza da composição
Com o objetivo de transformar o sótão da cliente em um espaço descontraído e confortável, mas sem perder a sofisticação, os arquitetos da NOP Arquitetura pensaram em soluções criativas para dar a vida a esse loft em 56m². O ambiente que conta com sala, lavabo, cozinha e banheiro, atende possíveis hóspedes da família ou mesmo uma das filhas da proprietária, que vive fora do país, mas nos momentos em que está de volta quer estar perto da família sem perder sua autonomia. “Para atender ao pedido da cliente, que era ter um ambiente com estilo industrial, estudamos as inclinações do telhado, que deixou de ser aparente e ganhou revestimento. Mantivemos apenas os caibros evidentes, enfatizando o estilo definido inicialmente”, destaca o arquiteto da NOP, Philippe Nunes.
Pensando em gerar mais amplitude, o profissional escolheu um piso único, que invade todos os ambientes, sem soleiras ou emendas, além de revestimento e uma paleta de cores em sintonia com o estilo. “Para complementar, utilizamos tijolos ingleses para revestir paredes pontuais, o que acabou se tornando o elemento principal na composição, aparecendo em todos os ambientes”, descreve a arquiteta Livia Ornellas.
Todo o projeto ganhou diferentes soluções a partir da marcenaria. Na sala, uma mesa de jantar retrátil, que atende até quatro pessoas, foi instalada no rack, também de marcenaria. Na cozinha, a marcenaria aparece como uma porta painel, escondendo a área do pavimento técnico, que precisou ser invadida para implantação de todos os equipamentos da cozinha, acima do aquecedor da casa. “Na suíte, a marcenaria também teve destaque. Com as inclinações do telhado, o armário ganhou um painel ripado, que camufla as portas do armário e ainda esconde a porta de acesso do banheiro”, disse a arquiteta Patricia Pfeil.