ÚLTIMAS EDIÇÕES

Topo
Revista Living - Posts

Revista Living - CRIAR ♦ MORAR ♦ VIVER

  /  ARQUITETURA   /  Living Visita: Carolina Ester Dal Molin

Living Visita: Carolina Ester Dal Molin

Em um mix perfeito entre o clássico e o contemporâneo, a profissional revela projetos repletos de originalidade. Com escritório no noroeste gaúcho, ela planeja expandir sua atuação para a capital, Porto Alegre

 

Fotos: Marcus Espindola/Divulgação

 

A jovem Carolina Ester Dal Molin é um dos novos e talentosos nomes da arquitetura no estado. Formada há dois anos, a profissional soma diferentes experiências na carreira – sua vontade de aprender sempre falou mais alto e, mesmo antes de concluir a graduação, já atuava na área. Ela, que reside há 18 anos em Santo Ângelo, no noroeste gaúcho, conta que suas principais lembranças da infância remetem à paixão pelo universo criativo. “Sempre fui apaixonada pela criação, por compor ambientes, pelas diferentes possibilidades de cores e materiais. Esse gosto simplesmente fluiu em mim e, quando percebi, já estava envolvida com a arquitetura de interiores”, explica.

À frente de seu próprio escritório, a profissional tem o estilo clássico bem definido em suas composições. Elementos elegantes, como boiseries e pedras exóticas, fazem parte de suas preferências na hora de compor um novo ambiente, sempre mesclando o visual sofisticado às texturas inusitadas, como o ferro, agregando personalidade máxima ao resultado final. “Essa é a verdadeira identidade dos meus projetos: uma mistura do clássico com o contemporâneo”, avalia. Em seu escritório, essa proposta fica clara.

Pedras exóticas e obras de arte conferem um toque sofisticado e exclusivo para o projeto

O mobiliário branco funciona como uma base clean para a composição, que mescla o visual contemporâneo a detalhes clássicos, como o lustre de cristal

O espaço de 20 m², dividido entre sala de atendimento, reuniões, copa e lavabo, revela a personalidade de Carolina em cada detalhe da composição – das cores aos revestimentos. Conforme ela explica, um dos principais atributos desse projeto é a solução funcional encontrada para a metragem compacta. “O escritório atende a todas as minhas necessidades na rotina de trabalho. Por se tratar de uma casa antiga, mantive o estilo arquitetônico na fachada, priorizando a reforma nos espaços internos”, diz a arquiteta, que preservou detalhes originais da construção, como o pé-direito de aproximadamente 4 metros de altura.

Entre os destaques de seu refúgio profissional, Carolina cita a sala de reuniões, na qual o visual clássico predomina. O ambiente é elegante e tem a cor verde como protagonista. As paredes com boiseries, em uma nuance mais clara, evidenciam as cadeiras com estrutura metálica preta, revestidas em veludo verde esmeralda. O resultado é o mix perfeito entre o clássico e o contemporâneo.

“Essa é a verdadeira identidade dos meus projetos: uma mistura

do clássico com o contemporâneo” (Carolina Ester Dal Molin)

A sala de reuniões é um dos ambientes preferidos da arquiteta. As paredes com boiseries são clássicos do décor e revelam um visual sofisticado junto às cadeiras em veludo

Carreira em expansão

Em meio a escolhas que refletem sua personalidade, a rotina de trabalho, conforme ela conta, é prazerosa e agradável. “É sempre muito empolgante ter um novo projeto. É um momento de muita inspiração e motivação”, considera. Sem limites para criar e com vontade de ir cada vez mais longe, a profissional tem grandes planos para o futuro, como uma pós-graduação no Istituto Marangoni, em Milão, Itália. “Além disso, também desejo expandir minha atuação para Porto Alegre, explorando todas as possibilidades que a cidade oferece”, revela Carolina, que planeja abrir uma extensão de seu escritório na capital.

Com uma rotina agitada e sempre em busca de novidades para seus projetos, a arquiteta ressalta a importância da relação entre profissional e cliente. “Poder entrar na vida dessas pessoas, em momentos que elas aguardaram tanto, é realmente muito gratificante. Elas confiam seus sonhos em nossas mãos e isso não tem preço. ‘Quem cria nasce todo dia’, é uma frase do arquiteto Jaime Lerner que serve como inspiração em meu dia a dia”, diz.

A copa tem mobiliário sob medida, otimizando a metragem disponível


Matéria publicada na edição 88 – Novembro 2018 da Revista Living