ÚLTIMAS EDIÇÕES

Topo
Revista Living - Posts

Revista Living - CRIAR ♦ MORAR ♦ VIVER

  /  ARQUITETURA   /  Moradia estudantil é novidade em São Paulo

Moradia estudantil é novidade em São Paulo

Projeto exclusivo de residência compartilhada, com áreas de convivência e lazer, ganha espaço no local de um antigo hotel na capital paulista

Fotos: Marcos Caldo/Divulgação

 

O antigo hotel Jaguar, conhecido por receber bandas famosas na década de 40, poderia ser mais um dos prédios abandonados da região central de São Paulo. Até que a ULIVING, pioneira em residência estudantil no Brasil, por meio da MMC, estruturadora do projeto, deu vida ao local. A empresa, que possui 7 anos de mercado, desenvolveu um empreendimento exclusivo para estudantes, seguindo o conceito de revitalização para o empreendimento e a comunidade.

Respeitando sua estrutura original, com pé-direito alto e janelas com grandes aberturas, as áreas comuns ganharam um novo significado, enquanto os 83 quartos se transformaram em habitações individuais e compartilhadas, totalizando 125 camas. A fachada foi totalmente preservada e o número do prédio ganhou destaque na pintura cinza e branco, destacando-se entre prédios desativados e icônicos da cidade. A descontração e a homenagem a São Paulo é retratada nos grafites feitos pelo artista Ciro Schu nos diversos ambientes do empreendimento.

Além de revitalizar o prédio e oferecer a estrutura necessária para valorizar a experiência de morar em um bairro central, a ideia também era trazer a circulação de novas pessoas para a região. Por isso, no andar térreo está prevista a inauguração de um restaurante e um bar, opções gastronômicas para atender tanto aos moradores, quanto à comunidade.

“Encontramos neste endereço uma oportunidade de oferecer aos nossos clientes uma estrutura especial, que valorizasse a vida no centro da maior cidade do país, com todo conforto e segurança. Investir no centro é mais do que uma boa oportunidade de negócio para uma empresa. É uma questão de repovoamento, de urbanização, de aproveitar estruturas históricas e de valorizar o que o brasileiro já valoriza fora do país”, afirma Juliano Antunes, CEO e cofundador da ULVING.

 

Compartilhamento e privacidade

A premissa, em todas as suas unidades existentes, é oferecer conforto e privacidade. “Fomos muito criteriosos com cada detalhe. Precisávamos oferecer segurança e comodidade ao estudante, que chega de uma cidade menor e que nunca teve a experiência de administrar uma casa. Na moradia, existe cumplicidade e organização para a rotina de estudos, mas também existe interação com outros estudantes e privacidade, mesmo em quartos compartilhados”, diz Antunes.

No projeto elaborado pelas arquitetas Gabriela Luna e Juliana Becker, todos os quartos foram estruturados para receberem camas confortáveis, uma escrivaninha para estudo por morador, armários separados com chave, uma cortina a ser utilizada para separar os ambientes, além de banheiro privativo.

 

Ambientes bem-pensados

Com inspiração em projetos de coworking e no The Student Hotel, em Amsterdam, áreas de convivência e interação para os alunos também são prioridade para a ULIVING. Na cobertura do prédio, onde existia um restaurante no tempo em que o estabelecimento era um hotel, hoje há uma cozinha coletiva equipada, com uma pia grande para que os alunos possam cozinhar juntos, e também um armário com chave para guardarem seus alimentos, seguindo o estilo europeu de residências estudantis. No rooftop, com paredes de vidro, é possível descobrir uma vista de 360º da cidade – uma área criativa para os jovens curtirem momentos de descanso, além de ser um local onde acontecem confraternizações e eventos.

No primeiro pavimento encontra-se o lounge com televisão, com a finalidade de ser uma outra área de encontro. No mesmo piso está a sala de estudos para que os clientes possam fazer os trabalhos da faculdade com tranquilidade, silêncio e estrutura. Não menos importante, a lavanderia ganhou máquinas de lavar, secar e um espaço especial com bancada onde é possível separar e dobrar as roupas.

A segurança do prédio também foi pensada estrategicamente para proporcionar tranquilidade. O local possui apenas uma entrada, catraca com identificação, portaria com funcionamento 24 horas, além de câmeras instaladas por toda a área.